Care Club – Health Center | Centro de Saúde | Medicina, Fisioterapia, Nutrição, Treinamento, Spa e muito mais

Sopa é janta, sim! Nutricionista mostra como fazer uma sopa nutritiva

por Ana Paula Ferreira

Escolher os alimentos certos ao cozinhar é o que fará você ter uma sopa nutritiva para os dias mais frios. Confira as dicas da nutricionista Denise Entrudo da Care Club Porto Alegre!

É só a temperatura cair que logo começa a polêmica: afinal, sopa é janta ou não? Seja você do time do “sim” ou do “não”, a verdade é que preparar uma sopa nutritiva é uma ótima opção para esquentar o corpo nos dias mais frios.

“Brincadeiras à parte, a sopa pode ser bem nutritiva e uma refeição completa. Mas, para isso, é necessário preparar com carboidratos, proteínas e vegetais”, aponta Denise Entrudo, nutricionista da Care Club Porto Alegre.

Segundo a profissional, normalmente as sopas são refeições saudáveis e com baixo aporte de gordura. Justamente por isso, são indicadas quando alguém está doente.


O que colocar em uma sopa nutritiva

Segundo Denise, a facilidade em usar vegetais nas receitas de sopa agrega muitos benefícios ao prato.

“Conseguimos incluir diversos vegetais e isso proporciona uma quantidade maior de substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, o que auxilia na defesa do nosso organismo. Além disso, é uma refeição nutritiva e leve”, ela explica.

Quanto aos carboidratos, a profissional indica que é possível adicionar raízes como aipim, batata doce ou inglesa, ou até uma massa. Já para a cota de proteína, as sugestões são de frango desfiado, carnes ou até mesmo ovo.

Por fim, os legumes mais comuns do período do inverno são: abóbora, abobrinha, batata-doce, berinjela, beterraba, cará, cenoura, chuchu, mandioca, mandioquinha. “Todos esses podemos incluir nas preparações de sopas e cremes”, aponta.


A sopa vai me saciar?

Esse é o ponto que costuma mais gerar controvérsias a respeito desse prato, pois muitas pessoas afirmam que acabam comendo muito mais quando a refeição é sopa ou creme de legumes, já que demoram mais para se sentirem satisfeitos.

“Quando a sopa é feita com carboidratos e é ingerinda a porção correta para seu objetivo, ela traz saciedade”, garante a nutricionista.

“Outra opção é aumentar a quantidade de fibras e, para isso, uma ótima solução é usar mix de sementes na hora de servir”, sugere ela.


Receita de sopa nutritiva de moranga com gengibre

Precisando de uma ideia de receita para aquecer o corpo nos dias de baixas temperaturas? Confira essa sugestão de Denise Entrudo:

Ingredientes

500g de abóbora/moranga cabotiá cortada em cubos
1 cebola picadinha
2 dentes de alho
1 litro de caldo de legumes caseiro (se preferir, pode usar apenas água)
1 moeda de raiz de gengibre
1 pitada de noz moscada ralada
1 colher de chá de cúrcuma em pó
1 colher de sopa de azeite de oliva extravirgem
2 colheres de sopa de leite de coco
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Refogue o alho e a cebola com o azeite de oliva. Junte a abóbora e refogue por uns minutos. Acrescente o caldo (ou água quente) até cobrir a abóbora. Junte o gengibre, sal, noz moscada e a pimenta. Deixe cozinhar a moranga até ficar desmanchando. Tempere. Bata no liquidificador para triturar. Retorne a panela, acrescente o leite de coco e mexa. Sirva com salsa por cima e sementes.

DENISE ENTRUDO
É Nutricionista na unidade Care Club Porto Alegre/RS
Conheça também nossos eBooks desenvolvidos pelos profissionais especialistas da Care Club

ARTIGOS RELACIONADOS

Bem-estar

Dieta “Low Carb”: Para Quem é Recomendado?

A dieta “low carb”tem sido uma estratégia para perda de peso desde 1860 e começou a ser mais utilizada a partir de 1972. A fundamentação da “low carb” se baseia em reduzir diariamente a ingestão de carboidratos em valores que podem variar de menos que 10 % até 44% de carboidrato em relação com a ingestão de calorias diária, sendo classificada de acordo com o percentual de carboidrato…

SAIBA MAIS »
Esportes

Guia de Nutrição para Praticante de Vôlei

Alimentar-se bem é fundamental para um bom rendimento nos treinos e nas competições. Por isso, o acompanhamento com um nutricionista é essencial para melhorar a performance física do atleta praticante de vôlei, auxiliando-o na redução do risco de lesões, promovendo uma melhor recuperação muscular, preservando a massa muscular e óssea e mantendo a composição corporal ideal…

SAIBA MAIS »