Care Club – Health Center | Centro de Saúde | Medicina, Fisioterapia, Nutrição, Treinamento, Spa e muito mais

Os Alimentos que Ajudam e os que Atrapalham sua Saúde Mental

A nutrição é extremamente importante para a saúde mental, pois os hábitos alimentares interferem diretamente no estresse, ansiedade, problemas relacionados ao sono, irritação e na performance cognitiva.

Por isso é essencial que um conjunto de hábitos façam parte da rotina de cada um, começando pelo básico, que muitas vezes é o que acabamos negligenciando, como uma alimentação balanceada, exercício físico e boa qualidade de sono.

Alguns alimentos possuem nutrientes específicos que auxiliam no bem-estar e na saúde, não só física, como mental.

Temos como exemplos…

Cacau: alimento que possui componentes que favorece a produção de serotonina ( o hormônio precursor do bem-estar). Como consumir: adicionar o cacau puro em pó nas preparações; adicionar nibs de cacau; chocolate 70% cacau.

Chás calmantes: algumas ervas possuem propriedades calmantes e relaxantes e são ótimas para serem tomadas por volta das 18h00 ( horário em que geralmente bate mais forte a ansiedade) e antes de dormir ( para melhorar as noites de sono). Ervas: Camomila, passiflora, mulungu, melissa, hortelã, valeriana.

Frutas Cítricas: são ricas em antioxidantes que ajudam no combate ao estresse, que é um fator que leva a ansiedade. Quais são:  laranja, abacaxi, limão, tangerina, kiwi, morango, framboesa, amora, acerola.

Banana: rica em triptofano , componente fundamental para produzir serotonina, a banana pode auxiliar no controle da ansiedade. Além disso, possui boas fontes de carboidratos e sabor doce, proporcionando maior prazer ao comer. 

Oleaginosas: possuem vitaminas do complexo B e magnésio que ajudam no bom funcionamento energético. Além disso são ricas em gorduras boas, que é um macronutriente capaz de promover maior sensação de saciedade e controle da fome ( que fica desregulada quando a ansiedade esta muito aumentada). Quais são: castanha de caju , castanha do Brasil, amêndoas, nozes, macadâmia, pistache, avelã.

Ao contrário dos citados acima, outros alimentos e produtos alimentícios podem interferir negativamente na saúde mental, como:

Álcool: O álcool, além de aumentar o estresse oxidativo e interferir negativamente na qualidade do sono, ele também pode ser associado à fuga emocional, gerando vício no seu consumo.

Excesso de açúcar: O consumo do açúcar gera uma sensação de conforto momentâneo e que leva à intenção de repetir esse hábito, tornando uma atitude frequente e que tende à ter caráter emocional de recompensa. Sabe o famoso descontar ansiedade na comida? Ou mesmo o “merecimento” após um dia estressante? É isso.

Excesso de cafeína: Consumir muito café ou chás ricos em cafeína como chá verde, chá preto ou até mesmo chocolate, para alguém muito ansioso, esse hábito pode acentuar os sintomas da ansiedade e piorar o quadro. Procure consumir com moderação esses alimentos, e consumir o ultimo até as 15h-16h para não interferir na qualidade do sono.

Essas são algumas dicas de como o que você ingere pode interferir na sua saúde mental.

Para uma análise mais profunda e individualizada, agende uma consulta com um de nossos especialistas.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER MELHOR NOSSOS NUTRICIONISTAS.

Saiba mais sobre este assunto neste vídeo com as nutricionistas Ingrid Zoppi e Nathalia Perez:

ARTIGOS RELACIONADOS