Care Club – Health Center | Centro de Saúde | Medicina, Fisioterapia, Nutrição, Treinamento, Spa e muito mais

METATARSALGIA

DEFINIÇÃO

Metatarsalgia é definida como dor no antepé sob uma ou mais cabeças do metatarso. É considerada uma síndrome dolorosa do antepé, que pode envolver lesões em diferentes estruturas (tendões, bursas, nervos, coxim gorduroso…)

 

CAUSA

Metatarsalgia é causada pelas forças aplicadas no antepé. Sua ocorrência varia de acordo com as atividades físicas, idade, calçados, flexibilidade da cadeia muscular posterior e morfologia do antepé. Fatores biomecânicos explicam 90% de todos os casos de metatarsalgia.

As causas da metatarsalgia são classicamente divididas em três grupos:

 –  primária à fatores anatômicos: hálux valgo, pé cavo, deformidades do antepé, encurtamento de cadeia posterior

– Secundário à doenças reumatológicas, psoríase, doenças neurológicas….

–  Iatrogênico após a cirurgia do antepé

 

SINTOMAS

Depende da causa e das estruturas envolvidas, os achados clínicos mais comuns são: dor plantar sobre a cabeça de um ou mais metatarsos, calosidades plantares no antepé, deformidade dos dedos, hálux valgo associado (joanete), dor em “queimação” ….

 

TRATAMENTO

CONSERVADOR

– fisioterapia: Pacientes com encurtamento do tríceps sural são ensinados a fazer exercícios para alongar os músculos e, assim, diminuir a pressão no antepé.

– modificação de calcados: com uma biqueira mais larga, comprimento adequado, sola mais macia, salto inferior, solado não flexível (rigido) ou sola de balanço também podem ajudar a aumentar o conforto, reduzindo a dor

– raspar os calos – desbastar as calosidades podem ajudar e muito no controle da dor

 

CIRÚRGICO

O objetivo da cirurgia é melhorar a distribuição da pressão dentro do antepé após a falha nas medidas não cirúrgicas. A osteotomia para encurtamento dos metatarsos é uma modalidade eficaz e bem aceita para o manejo da metatarsalgia. No entanto, a localização e o tipo de osteotomia são tópicos de debate. Dependendo da patologia subjacente, o cirurgião deve decidir se é necessário tratar a metatarsalgia apenas com osteotomia do MT ou além de outros procedimentos, como alongamento do tendão de Aquiles ou correção da joanete e etc. As opções de tratamento incluem osteotomia, fusão, ressecção e condilectomia.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

METATARSALGIA é uma das queixas mais comuns em pacientes com problemas nos pés. Essa dor é confinada à área plantar do antepé. No entanto, é frequentemente acompanhada por deformidades do primeiro e quinto raios, bem como dos dedos dos pés. Existe uma grande variabilidade nos possíveis fatores causais, mas todos parecem estar relacionados à mecânica da marcha, anatomia do pé e deformidades dos pés e tornozelos. É necessário um protocolo de tratamento individualizado. O gerenciamento não cirúrgico é geralmente suficiente para alcançar resultados satisfatórios. A correção cirúrgica deve ser precisa e todas as deformidades causadoras de dor devem ser corrigidas.

Para um tratamento completo entre em contato com a unidade Care Club mais próxima.

ARTIGOS RELACIONADOS