Care Club – Health Center | Centro de Saúde | Medicina, Fisioterapia, Nutrição, Treinamento, Spa e muito mais

Como ter uma Alimentação Equilibrada no Fim de Semana

por Julia Vasconcellos, Ingrid Zoppi, Viviane NascimentoNathalia Perez, nutricionistas

O fim de semana chega sempre cheio de tentações, é o tal do “chuta o balde” na dieta e na alimentação equilibrada. Mas se você deseja ter uma vida mais saudável, é possível passar por este período sem prejudicar sua saúde e seus resultados com estas dicas das nossas nutricionistas.

ANTES DE TUDO LEMBRE-SE: BEBA ÁGUA!

Saindo da rotina durante a semana, o consumo de água tende a diminuir, podendo desregular o funcionamento intestinal ou te deixar desidratado. Por isso, leve sempre uma garrafinha com você para onde você for. Desta forma, você lembrará de se hidratar sempre!

 

PLANEJE SUAS REFEIÇÕES LIVRES

Abrir exceções em todas as refeições durante todo o fim de semana ou comer de forma descompensada pode sabotar seus objetivos. Observe-se. Veja se está realmente com fome ou com desejo de algo. Se organize para encaixar momentos de prazer com equilíbrio, tendo sempre como base a sua alimentação durante a semana.

 

DESEMBALE MENOS, DESCASQUE MAIS

No fim de semana, acabamos consumindo mais calorias do que o que foi proposto no plano alimentar. Além disso, o consumo de frutas, legumes e verduras tendem a diminuir, podendo alterar o funcionamento intestinal e aumentar o cansaço. Se comprometa a enriquecer mais suas refeições com nutrientes que te tragam saciedade. Tente manter a maioria dos horários e padrão das refeições propostas no seu plano base. Se tiver vontade de algo específico que saia do seu plano alimentar, não se preocupe, busque aproveitar moderadamente este momento de prazer, e volte ao seu plano base nas próximas refeições.

 

MINDFUL EATING: COMA COM ATENÇÃO PLENA

Com a rotina corrida do dia a dia, a maioria das pessoas realiza suas refeições com pressa, sem prestar atenção no que realmente está comendo, confundindo os sinais de fome e saciedade, comendo mais do que deveria. Comer com atenção plena significa estar 100% presente no momento da alimentação, longe de distrações como celular e TV. Use os sentidos ao comer e coma com atenção e calma. Olhe, analise a comida. Cheire, toque, sinta a textura e o sabor do alimento. Desta forma, você saberá quando estará saciado e irá criar uma relação mais consciente com a comida, aguçando seu senso de prazer, apreciação e satisfação com o alimento.

 

DICAS DE OURO

• Não espere ficar com muita fome para comer ou pedir comida.
• Tenha uma lista de restaurantes saudáveis que entregam em casa
• Tenha alimentos pré-prontos no freezer
• Planeje o que vai comer ao longo da semana e no fim de semana
• Evite “pular”refeições
• Não saia de casa com fome
• Não vá ao supermercado com fome e leve sempre uma lista de compras
• Evite alimentos processados e ultraprocessados
• Mastigue muito bem os alimentos e coma com calma
• Escolha sempre matar a fome primeiro com frutas, legumes e verduras
• Faça no máximo 2 refeições livres por semana
• Beba muita água (não confunda a sensação de sede com fome)

Gostou deste conteúdo? Para acompanhar nossos conteúdos sobre saúde e esporte acesse nosso blog e siga-nos no instagram.

Conheça melhor a área de nutrição da Care Club

JULIA VASCONCELLOS
É Nutricionista Clínica e Esportiva na unidade Parque do Povo em São Paulo/SP
INGRID ZOPPI
É Nutricionista Clínica e Esportiva na unidade Parque do Povo em São Paulo/SP
VIVIANE NASCIMENTO
É Nutricionista na unidade Parque do Povo em São Paulo/SP
NATHALIA PEREZ
É Nutricionista Clínica e Esportiva na unidade Parque do Povo em São Paulo/SP
Conheça também nossos eBooks desenvolvidos pelos profissionais especialistas da Care Club

ARTIGOS RELACIONADOS

Bem-estar

Dieta “Low Carb”: Para Quem é Recomendado?

A dieta “low carb”tem sido uma estratégia para perda de peso desde 1860 e começou a ser mais utilizada a partir de 1972. A fundamentação da “low carb” se baseia em reduzir diariamente a ingestão de carboidratos em valores que podem variar de menos que 10 % até 44% de carboidrato em relação com a ingestão de calorias diária, sendo classificada de acordo com o percentual de carboidrato…

SAIBA MAIS »
Esportes

Guia de Nutrição para Praticante de Vôlei

Alimentar-se bem é fundamental para um bom rendimento nos treinos e nas competições. Por isso, o acompanhamento com um nutricionista é essencial para melhorar a performance física do atleta praticante de vôlei, auxiliando-o na redução do risco de lesões, promovendo uma melhor recuperação muscular, preservando a massa muscular e óssea e mantendo a composição corporal ideal…

SAIBA MAIS »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *