Care Club – Health Center | Centro de Saúde | Medicina, Fisioterapia, Nutrição, Treinamento, Spa e muito mais

ARTROSE DO JOELHO - ORTOPEDIA

Introdução

A Artrose ou artrite dos joelhos representa uma degeneração (desgaste) dessa
articulação. Essa degeneração acomete diferentes estruturas do joelho como
cartilagem, menisco, osso e ligamentos. A artrose causa dor, limitação de
movimento e até deformidades dos joelhos.

 

Causas:

A artrose pode não ter uma causa bem estabelecida e nesses casos é chamada de
primária. Alguns fatores aumentam o risco de desenvolvimento da artrose
primária como a obesidade e sedentarismo.

Já em outras situações existe uma causa bem relacionada com o surgimento da
artrose:

     
Trauma:
Traumas dos joelhos com lesões ligamentares e fraturas aumentam o risco do
desenvolvimento de uma desgaste (artrose) do joelho acometido. Os sintomas
podem aparecer muitos anos após o episódio.

     
Retirada do menisco:
a menisectomia é uma fator que aumenta a chande de desenvolvimento de degeneração do joelho. A ressecção mesmo que parcial pode levar a um maior estresse de estruturas como a cartilagem, acelerando o seu desgaste.

     
Algumas doenças: doenças como artrite
reumatóide, psoríase, gota, hemofilia aumentam o risco de desenvolvimento de uma degeneração de articulações e o joelho é bastante acometido.

     
Infecção:
Uma das complicações após uma infecção que ocorre dentro do joelho é a artrose. Sabe-se que a sua gravidade é proporcional ao tempo de demora entre o início dos sintomas e o tratamento cirúrgico. Por isso é muito importante procurar serviço médico o mais rápido possível sempre que houver sintomas de infecção como febre, vermelhidão, calor, inchaço, dificuldade de movimento e dor intensa ao mobilizar.

 

            Sintomas

Inicialmente a artrose geralmente começa com sintomas leves como dor ao final do dia após longos períodos em pé ou ao andar maiores distâncias. Como a progressão do desgaste as dores vão se tornando mais frequentes e mais intensas, podendo surgir inchaço do joelho.

Em fases mais avançadas o movimento do joelho pode diminuir, não sendo mais possível esticar ou dobrar o joelho completamente. Também podem surgir deformidades nas quais lentamente o joelho pode entortar para dentro (valgo) ou para fora (varo), em consequência do desgaste ósseo e afrouxamento de alguns ligamentos.

As dores na artrose podem variar com períodos de melhora e períodos de crise com dor e inchaço do joelho. As dores podem piorar a depender da atividade ou até mesmo do clima.

 

            Diagnóstico 

O diagnóstico de artrose é feito pela história, exame físico e radiografias dos joelhos. Na maiorias dos casos não são necessários mais exames além do Raio-X. A ressonância magnética pode ser solicitada em casos específicos, a depender da suspeita médica.

Tratamento

CLÍNICO (não cirúrgico)

O tratamento da artrose tem uma grande gama de opções que mudam de acordo com a fase da degeneração da articulação e as características de cada pessoa.

 Como primeira linha de tratamento sempre é importante avaliarmos possibilidades de mudança de hábitos, como alimentação e atividades físicas. Essas são medidas centrais pro sucesso do tratamento a longo prazo. Existem algumas medicações que podem ser utilizadas com o objetivo de reduzir os sintomas, contudo é importante salientar que a medicação não é capaz de curar a artrose. Outra modalidade de tratamento é o uso de joelheiras, palmilhas e bengalas que também podem ajudar a reduzir a carga e consequentemente a dor nos joelhos.

INFILTRAÇÕES

As infiltrações (injeções) no joelho também podem ser utilizadas como um forma de diminuir os sintomas, sendo importante entender que o objetivo dessas injeções não é recuperar aquilo que foi desgastado pela artrose. Elas atuam como tratamento complementar as demais medidasAs duas principais modalidades de injeções que são aplicadas dentro do joelho são o ácido hialurônico e corticóide. Eles devem respeitar intervalos rigorosos e não devem ser aplicados indiscriminadamente.

E quando todas as medidas clínicas não são suficientes?

Em casos de
artrose mais avançada, sem sucesso dos tratamentos anteriormente descritos, é
indicado o tratamento cirúrgico com colocação de prótese de joelho
(artroplastia de joelho).

A cirurgia de
colocação de prótese do joelho tem a capacidade de corrigir as deformidades
da artrose, melhorar o movimento, reduzir a dor e melhorar a qualidade de vida,
mas geralmente é indicada quando
falharam as medidas anteriores descritas.

Cirurgia não é
uma perspectiva agradável para ninguém, mas para algumas pessoas com artrose,
pode significar a diferença entre levar uma vida normal ou tolerar uma condição
debilitante.

Prótese do
joelho é uma das operações mais bem sucedidas disponíveis hoje. É um excelente
procedimento para melhorar a qualidade de vida, eliminar a dor e melhorar a
função. Em geral, 90-95% das próteses de joelho sobrevivem 15 anos, dependendo
da idade e do nível de atividade.

 A cirurgia deve ser discutida em detalhes, para
que você possa se preparar para todas as etapas da recuperação e ter o melhor
resultado possível. O objetivo é voltar a andar o quanto antes, já sendo liberado apoiar na perna operada
no dia seguinte da cirurgia com ajuda de um andador.
Porém
, é importante o acompanhamento de um
fisioterapeuta para otimizar o processo de reabilitação.

Após o procedimento cirúrgico

Quando você vai para casa, precisa tomar precauções especiais ao redor da casa para tornar um ambiente seguro. Você pode precisar de suportes em seu banheiro ou fazer algumas pequenas adaptações em sua casa, especialmente se ela tiver em um monte de escadas. Converse com o seu médico sobre quais adaptações são necessárias.

ARTIGOS RELACIONADOS